menu

Santarém tem oito pré-candidatos a deputado estadual

Começa a disputa pela cadeira do prefeito Nélio Aguiar em 2024

Santarém tem oito pré-candidatos a deputado estadual Sete candidatos a deputado estadual Notícia do dia 09/01/2022

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - Já estamos em 2022, mas 2024 é logo alí. O que se vê são aliados e opositores do prefeito Nélio Aguiar ( Aliança Brasil) se movimentando nos bastidores, observando que o cenário político está aberto rumo ao Palácio Jarbas Passarinho.

 

Este é o motivo de Santarém ter hoje pelos menos oito pré-candidatos que disputarão vaga de deputado estadual - dos quais três são mulheres.

 

Detalhe: nesta engenharia política, o prefeito reeleito de Santarém, Nélio Aguiar [ que não poderá mais se candidatar em 2024 ao mesmo cargo], lançará a esposa, Celsa Brito, para disputar uma cadeira na Alepa. A primeira dama é secretária municipal de Assistência Social.

 

E como fica o ex-vice-prefeito e atual deputado Zé Maria Tapajós (PL)?. Eu não sei. Porque Ronan Liberal Jr, do MDB, presidente da Câmara [agora o ‘vice prefeito’], também é pré-candidato a estadual.

 

Não só ele.

 

Do grupo do prefeito de Santarém tem ainda outros pré-candidatos a estadual, como é o caso do ex-vereador e atualmente muito bem posicionado, o secretário estadual do Oeste do Pará, Henderson Pinto (MDB) e o vereador Erlon Rocha, também do MDB.

 

Henderson é do clã Lira Maia. Já Erlon é empresário do ramo de navegação e foi o vereador mais votado da cidade com 4.397 votos, na eleição de 2020. 

 

Ou seja, só do partido do governador Helder Barbalho serão três candidatos.  

   

O ex-secretário do prefeito e empresário do ramo de panificação, João Pigarilho (PSC), já avisou que vem com tudo de olho numa vaga da Alepa. Ele disputou a prefeitura em 2020.

 

Santarém ainda deve ter como candidatos a cadeiras na Assembleia Legislativa do Pará, a enfermeira e ex-secretária de Saúde de Santarém, Marcela Tolentino ( Solidariedade) e o ex-vereador Ney Santana, que foi candidato a prefeito na última eleição municipal, pelo PSDB, partido do ex-prefeito Alexandre Von.

 

Por fora, ‘correndo linda, leve e solta’ está a ex-ex-prefeita Maria do Carmo Martins (PT), que também disputará cadeira de deputada estadual.

 

Ela é a principal adversária do prefeito Nélio Aguiar, com quem disputou a prefeitura em 2020.

 

É importante acrescentar que a primeira dama, Celsa Brito, só poderá concorrer a Prefeitura se houver mudança na Lei Eleitoral. A Lei não permite terceiro mandato no mesmo núcleo familiar.

ERRATA|

O secretário de Estado, Henderson Pinto, deve ser candidato a deputado Federal, e não a estadual e o ex vereador Ney Santana ainda nao definiu se disputará a eleição este ano.

Atualizada às 12h