menu

‘Bêra Gastronomia’ inaugura na Estação das Docas

Com uma arquitetura e paisagismo, todo pensado, na região amazônica novo restaurante das Docas oferece o que há de melhor na culinária paraense

‘Bêra Gastronomia’ inaugura na Estação das Docas ‘Bêra Gastronomia’ inaugura na Estação das Docas Notícia do dia 28/07/2021

DEAMAZÔNIA BELÉM, PA - Oferecer um restaurante regional mais moderno, valorizando os elementos regionais por meio de técnicas gastronômicas que atribuem aos pratos típicos do Pará uma traço de sofisticação: este é o objetivo do mais novo restaurante da Estação das Docas, o Bêra Gastronomia.

 

A inauguração do restaurante aconteceu na semana passada, dentro do mix gastronômico da Estação, localizado no armazém 2. O estabelecimento funciona todos os dias de 11h30 à 00h.

 

O ‘Bêra Gastronomia’ chega ao complexo turístico com a proposta de oferecer ao visitante uma experiência completa, com tudo o que há de melhor na culinária paraense. “O conceito do Bêra é aplicar aos nossos elementos regionais uma gastronomia mais sofisticada, dentro de um custo beneficio interessante tanto para o turista, quanto para a população paraense”, conta Guto Rezende, um dos proprietários do novo restaurante.

 

Com uma arquitetura e paisagismo todo pensado na região amazônica, o restaurante traz em suas cores a sugestão do aconchego de uma tarde na beira do rio. “Tudo foi pensado ao gosto do paraense, que adora deitar na rede e ficar na beira do rio, por exemplo. Escolhemos cores que lembram a Amazônia, com um verde no tom das folhas e o couro sintético na cor marrom rústico, que remete os nossos rios e ilhas”, explica Rezende.

 

No Bêra, os clientes poderão ainda degustar de variados drinks e chopps. “Fizemos um bar bem aconchegante com opções de mesa que lembram um boteco. Queremos que o cliente se sinta em casa”, frisa o proprietário.

 

O nome do restaurante foi escolhido como forma de homenagear a linguagem cabocla da região, assim como a logo, que também foi inspirada em referências amazônicas.

 

“Estamos aqui, à beira do rio, em um dos locais mais bonitos de Belém, sendo ainda um polo gastronômico, então a ideia é agregar valor ao local. Decidimos valorizar a linguagem cabocla da região, deixando o Bêra sem a letra i, exatamente como o caboclo pronuncia, como nosso povo pronuncia. Já para nossa logo, nos inspiramos nas pinturas dos pincéis de Sebastião Tapajós Jr, realizadas nas regiões de ilhas”, revela Guto.

 

No cardápio, opções de pratos tradicionais da culinária paraense, como o pato, o filhote, a pescada amarela, o jambú, o caranguejo e o camarão, entre outros elementos regionais, sempre com um toque de técnica e sofisticação do chefe Diego Guidolin. O cardápio também traz opções diferenciadas como cordeiro, lasanha de pato, entre outros.

 

“As sobremesas também valorizam muito nossos ingredientes. Usamos muito a tapioca, o cupuaçú, o açaí. Outro foco nosso são os aperitivos, que o paraense gosta, junto a um chopp gelado, um bom drink, em quantidades fartas, e, para completar, a contemplação pôr do sol aqui na estação, que é lindo” destaca Guto Rezende.

 

Guto Rezende juntamente com o sócio Paulo Rola já possuem experiência no ramo da gastronomia. “Já trabalhamos com gastronomia há 3 anos, com uma proposta de culinária japonesa. Dessa vez, nos desafiamos a levantar a nossa maior bandeira, que é a bandeira regional. Somos um dos estados mais ricos do Brasil em gastronomia e queremos entregar isso de uma forma diferente, mas muito bem feita, para a nossa sociedade, especialmente pro nosso turista, já que a Estação da Docas é um ponto extremamente turístico, onde temos um intenso fluxo de pessoas ao longo do ano todo”, finaliza Guto.