menu

Faltam remédios, esparadrapo, seringa no Hospital Municipal de Santarém, denuncia vereador

“Os pacientes é que estão comprando esses materiais para sutura e obstetrícia”, afirmou JK 

Faltam remédios, esparadrapo, seringa no Hospital Municipal de Santarém, denuncia vereador Hospital Municipal de Santarém (Foto: Kamila Andrade/G1) Notícia do dia 20/10/2021

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - Enquanto a Prefeitura não reincide o contrato com o Instituto Mais Saúde, o Pronto Socorro e o Hospital Municipal de Santarém continuam funcionando precariamente.

 

Agora faltam remédios, esparadrapo e seringa para atendimentos de urgência no hospital.

 

A denúncia foi levada ao conhecimento da Câmara, pelo vereador JK do Povão, durante sessão de ontem (19/10).

 

Segundo JK, são os pacientes que dão entrada no hospital para os setores de sutura e de obstetrícia, que são obrigados a providenciar o material fazendo compras em farmácias particulares, pela falta dos insumos na unidade pública.  

 

“Fui na farmácia e confirmaram a falta de insumos e medicamentos”, afirmou. Questionada pelo vereador, a administração do hospital informou que houve demora na chegada das remessas de insumos e medicamentos em Santarém.

 

Ainda sobre os atendimentos nas unidades de saúde de Santarém, nesta quarta-feira (20/10), JK voltou a fazer novo apelo ao prefeito Nélio Aguiar e ao secretário Regional Henderson Pinto.

 

O paciente Ronilson Silva Vasconcelos está internado na sala vermelha da UPA 24h e precisa ser transferido pra uma UTI do Hospital Regional do Baixo Amazonas. Segundo a irmão do paciente, Ronilson tem um tumor no pescoço, que segundo a família dele, pode ser câncer.

 

O vereador publicou o apelo da família na página do seu blog no facebook .

VEJA O VÍDEO: