menu

Santarém 360 anos: confira as personalidades que irão receber a medalha Padre João Felipe Bettendorf

A medalha é entregue todos os anos no aniversário de Santarém às pessoas que se destacaram ou que tenham prestado relevantes serviços ao município

Santarém 360 anos: confira as personalidades que irão receber a medalha Padre João Felipe Bettendorf Medalha Padre João Felipe Bettendorf (Foto: Divulgação) Notícia do dia 12/06/2021

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - Santarém irá completar 360 anos e na véspera do seu aniversário, 21 de junho, a tradicional medalha Padre João Felipe Bettendorf - a mais alta condecoração do município - será entregue a seis personalidades que contribuíram com o desenvolvimento e história da cidade.

 

Os nomes dos agraciados foram divulgados nesta sexta-feira (11/6), pelo prefeito Nélio Aguiar (DEM).

 

“Santarém foi construída com ajuda de seus filhos, guerreiros e lutadores como estes que serão homenageados”, disse o prefeito Nélio Aguiar.

 

Em 2021, os homenageados são:

Isaac da Silva Lima - Atleta;

Jana Figarella - Atriz, cantora e compositora;

Joaquim de Lira Maia - Ex-prefeito de Santarém, ex-deputado federal;

Marlice Maria Bastos da Cunha - Professora;

Walter Andrade Nunes Durães - Empresário;

Hebert Moreschi - Diretor do HRBA.

 

A medalha Padre João Felipe Bettendorf

A medalha é conferida, anualmente, por ocasião do aniversário de fundação da cidade às pessoas que se destacaram em seus campos de atividades no município ou que, a ele, tenham prestado relevantes serviços em prol do desenvolvimento da cidade.

 

A solenidade de entrega será no dia 21 de junho, às 20h, na Casa da Cultura. Em seguida, haverá o show 'Canta Santarém' com apresentação de artistas regionais. Pelo segundo ano consecutivo, em virtude da pandemia da covid-19, o evento não será aberto ao público, mas será transmitido ao vivo pelas redes sociais oficiais da Prefeitura.

 

No dia do aniversário, 22 de junho, será celebrada a Missa Mocoronga na Igreja Nossa Senhora da Conceição às 7h45. A celebração eucarística faz referência à primeira celebração do fundador da cidade, Padre João Felipe Bettendorf.