menu

Vereador quer revisão de contrato com Instituto Mais Saúde, em Santarém

OS administra Hospital Municipal de Santarém e UPA 24h

Vereador quer revisão de contrato com Instituto Mais Saúde, em Santarém Hospital Municipal de Santarém (Foto: Reprodução/Google) Notícia do dia 02/05/2021

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - O vereador Carlos Martins (PT) levantou, durante pronunciamento na Câmara  de Santarém, vários questionamentos sobre o gerenciamento do Instituto Mais Saúde.

 

Esta semana, o parlamentar destacou a importância da revisão do contrato com o Instituto Mais Saúde com a revisão das metas e indicadores. O Instituto administra Hospital Municipal de Santarém e a UPA 24h.

 

Carlos Martins cobrou que a Prefeitura tenha um maior controle dos serviços ofertados, fiscalizando o cumprimento de metas.  

 

“Temos que avaliar as metas, monitorar os indicadores que eles estão atendendo e se realmente esse recurso repassado é insuficiente. Eu não concordo que seja um único contrato incluindo o HMS, UPA, Samu e Unidades 24h, a prioridade tem que ser o Hospital Municipal. Nós já perdemos o credenciamento do Samu que tinha recursos do Ministério da Saúde. Eu vejo que é urgente uma reavaliação do contrato com a OS e fazer o que a atual secretária de saúde se comprometeu em fazer, que é uma fiscalização rigorosa”, afirmou. 

 

O petista ainda relembrou as melhorias feitas na saúde na época do governo Maria do Carmo.

 

 “Nós precisamos nos empenhar para que o governo do estado possa estar mais presente no Hospital Municipal, porque ele é o Pronto Socorro da região. O governo da prefeita Maria do Carmo construiu o prédio do Pronto Socorro, foi um investimento de R$ 1,5 milhões. O SAMU também veio para Santarém na mesma época, além da UPA 24h que também foi entregue no governo Maria. É importante relembrar que nos oito anos de governo muitas melhorias aconteceram no setor de urgência e emergência em Santarém”, relembrou Carlos Martins.