menu

‘Se acontecer a 'terceira onda' não tenho dúvida que passará pelo AM’, diz Wilson Lima

Governador disse que flexibilizou as atividades comerciais porque busca um ‘equilíbrio’ com a prevenção  

‘Se acontecer a 'terceira onda' não tenho dúvida que passará pelo AM’, diz Wilson Lima Governador Wilson Lima, ao lado do presidente da FVS, Cristiano Fernandes Notícia do dia 06/04/2021

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O governador Wilson Lima ( PSC) voltou a admitir a possibilidade de uma terceira onda da covid-19 no Amazonas, após recentes acontecimentos em países da Europa, onde o vírus voltou com força.

 

“Na segunda onda tivemos a P1, uma variante com capacidade muito maior e mais letal. Mas se acontecer a terceira onda não tenho dúvida que passará pelo Amazonas”, afirmou o governador, durante evento em que entregou lanchas e motos para o interior do Estado.

 

Wilson ressaltou que a Fundação de Vigilância em Saúde, Universidade do Amazonas e a Fiocruz Amazônia estão desenvolvendo estudos sobre os impactos da segunda onda e os riscos da possibilidade de uma terceira.       

 

“Mas não sabemos o que vai acontecer. Temos que estar muitos atentos com a possibilidade da terceira onda no Amazonas”, admitiu.

 

Questionado na coletiva de Imprensa, por que  flexibilizou as atividades comerciais, mesmo com o risco dessa terceira onda, Wilson esclareceu que tenta encontrar um equilíbrio nas restrições.

 

“Porque a gente faz o trabalho de flexibilização agora, porque eu tenho uma queda no número de casos e de óbitos e tenho condições de receber pacientes nas unidades hospitalares”, afirmou.

 

“Tem outro detalhe: a situação sócio econômica que o Estado do Amazonas vive, não nos permitir fica muito tempo fechado. Hoje tem muita gente  morrendo de fome, muita gente desempregada, muita gente perdendo seus empregos. E a gente precisa encontrar esse equilíbrio. É isso que eu estou trabalhando para fazer”, concluiu o governador.