menu

Vereador de Santarém pede 'auxílio emergencial' para profissionais da educação

Requerimento, aprovado nesta segunda (22), viabiliza auxílio aos profissionais que permanecem vinculados à Prefeitura Municipal até março de 2021, porém ainda não retornaram as suas atividades

Vereador de Santarém pede 'auxílio emergencial' para profissionais da educação Vereador Prof. Josafá solicita auxílio emergencial para servidores da rede pública municipal de Santarém (Foto: Divulgação Notícia do dia 23/02/2021

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - Em virtude da crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19, o vereador de Santarém, Oeste do Pará, professor Josafá Gonçalves (PL) solicitou que os profissionais da Rede Municipal de Ensino recebam auxílio emergencial da Prefeitura.

 

O requerimento, aprovado nesta segunda-feira (22/2), beneficia os profissionais que estavam vinculados à Prefeitura até o fim de dezembro de 2020 e não retornaram as suas atividades em 2021, entretanto, continuam vinculados por meio da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) até a data de 27 de março de 2021. Fazem parte desse grupo: profissionais da educação e servidores de outras secretarias.

 

“Todo servidor público e também de empresas privadas, que é desligado de seus serviços até o dia 31 de dezembro de cada ano, só sai do sistema do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) após 90 dias. Durante todo esse período, ele não pode receber nenhum tipo de auxílio governamental”, comentou o vereador, durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal.

 

Por meio do documento, o vereador solicitou à Secretaria Municipal de Administração e Governo (SEMAG) que viabilize o recebimento do benefício.

 

“Eu gostaria de esclarecer que não estou priorizando nenhuma classe de pessoas, mas acredito que devemos olhar para esses servidores da Prefeitura Municipal que estão impossibilitados de receber auxílio estadual ou até federal”, finalizou.