Domingo, 13 de junho de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 20/02/2021

Cansados dos blefes de Pazuello, 16 governadores comprarão vacina direta dos laboratórios

Após cronograma de vacinação do ministro furar, Wilson Lima, do Amazonas e Helder Barbalho, do Pará, engrossam o Fórum Nacional de Governadores que já negocia com Butantan e AstraZeneca

Cansados dos blefes de Pazuello, 16 governadores comprarão vacina direta dos laboratórios Wilson Lima, governador do Amazonas e Helder Barbalho, governador do Pará, engrossam a lista dos 16 governadores

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - Não vai dar mais para os governadores esperarem pelo Ministério da Saúde. Nesta sexta-feira (19/2), 16 governadores comunicaram ao ministro Eduardo Pazuello que os Estados irão comprar vacinas diretamente dos laboratórios.

 

A informação é do Estadão.

 

O governador do Piauí, Welligton Dias (PT), coordenador da temática da vacina no Fórum Nacional de Governadores, informou ao Estadão que já foi enviado ofício ao Instituto Butantan pedindo  detalhes do cronograma de entrega de vacinas e solicita informações sobre a capacidade máxima de produção e requisitos necessários para aumentar o volume de entrega de doses. 

 

Apoiaram a decisão o governador do Pará, Helder Barbalho; governador do Amazonas, Wilson Lima, o governador do Amapá, Waldez Góes (PDT) e do Acre, Gladson Cameli – Região Norte. Outros Estados são: Piauí, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Paraíba, Paraná, Ceará, Mato Grosso do Sul, Goiás, Maranhão, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, e Bahia.

 

Nesta sexta (19) à noite Pazuello teve mais um encontro com o Fórum Nacional de Governadores e foi duramente cobrado pelo cronograma de vacina.

 

CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO FUROU

A pressão aumentou sobre o general, depois que o Instituto Butantan informou que entregará somente 30% das doses da vacina Coronavac previstas para este mês. Essa quantidade quebra o cronograma do Ministério que havia prometido repassar aos Estados 9,3 milhões de doses.

 

Em outras palavras, tudo que Pazuello anunciou sobre o programa de ‘Aceleração da Vacina’ será revisto.

 

Para o Amazonas o ministro prometeu iniciar vacinação em massa, de pessoas acima dos 50 anos, no dia 22 de fevereiro. Ao Pará prometeu enviar mais lotes de vacina no dia 24 de fevereiro.

 

BOICOTE A VACINA

Em julho de 2020, o governo Bolsonaro ignorou a oferta do laboratório chinês Sinocav de 160 milhões de doses da vacina Coronavac, informou nesta sexta (19/2), em coletiva o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas.

 

Dimas Covas disse ainda que Butantan fez reiteradas vezes a oferta das doses nos meses de agosto, outubro e dezembro. Mas, o obediente ministro do presidente da República não deu uma resposta.

 

Neste sábado, o ministro da Saúde terá reunião com a Frente Nacional de Prefeitos.

Na última reunião, os prefeitos pediram a demissão de Pazuello, argumentando que o general é incompetente e não tem qualidade para o cargo.    

Sobe Catracas

RENATO MEDICIS, presidente da Águas de Manaus

Para incentivar vacinação contra a Covid-19, concessionária irá oferecer transporte a todos colaboradores, com mais 40 anos, que forem se vacinar

Desce Catracas

RAIMUNDO FONSECA, ex-presidente da Câmara de Japurá

Tribunal de Contas do Amazonas reprovou as contas dele, referentes a 2015, e aplicou multa de R$ 100 mil