menu

Jornalistas da TV Liberal são mantidos reféns dentro de templo evangélico em Belém

Equipe foi ao local para fazer uma reportagem sobre os estragos causados pela chuva

Jornalistas da TV Liberal são mantidos reféns dentro de templo evangélico em Belém Nathália Kahwage e Wanderley Cruz sofreram cárcere privado quando trabalhavam (Reprodução/Instagram) Notícia do dia 19/10/2020

BELÉM, PA - Uma equipe de reportagem da TV Liberal, em Belém, foi alvo de ameaça e cárcere privado no sábado (17), em Belém. O caso ocorreu durante uma matéria no passagem Classe A, bairro Curió-Utinga. A repórter Nathália Kawage e o cinegrafista Wanderley Prestes foram as vítimas e registraram boletim de ocorrência.

 

A equipe foi ao local para fazer uma reportagem sobre os estragos causados pela chuva. A ventania destelhou o templo e as telhas caíram em cima de quatro residências na vizinhança, de acordo com informações da Defesa Civil, que prestava assistência aos moradores locais.

 

Os jornalistas pediram permissão a uma pessoa que se identificou como obreiro e entraram no prédio, e também autorização da Defesa Civil. Em seguida, um homem se identificou como presidente da igreja e pastor disse que a equipe não poderia mais sair dali até que a polícia chegasse no local.

 

De acordo com o registro policial, os profissionais foram impedidos de sair do prédio e sofreram ameaças. O homem tentou pegar a câmera do cinegrafista.

 

Segundo a Assembleia de Deus em Belém, a igreja onde ocorreu a coação não é reconhecida pela congregação e o homem suspeito não é pastor. O caso foi registrado na Seccional da Pedreira.

Tags: