menu

Governo do Pará entrega Hospital Regional do Tapajós, em Itaituba, com 164 leitos

Unidade funcionará inicialmente como referência para atendimento de pacientes confirmados ou com suspeita de Covid-19

Governo do Pará entrega Hospital Regional do Tapajós, em Itaituba, com 164 leitos HRT terá capacidade para atender cerca de 250 mil pessoas de Itaituba e outros cinco municípios (Foto: Jader Paes / Agência Pará) Notícia do dia 09/07/2020

DEAMAZÔNIA ITAITUBA, PA - Mais de 100 mil habitantes de Itaituba, oeste paraense, serão beneficiados com o Hospital Regional do Tapajós (HRT) Teófilo Olegário Furtado, entregue na tarde desta quinta-feira (9), pelo governador do Estado Helder Barbalho. Projetada para ofertar serviços de alta complexidade, a unidade funcionará inicialmente como referência para atendimento de pacientes confirmados ou com suspeita de Covid-19.

 

Construída em uma área de 16.290 metros quadrados, conta com 164 leitos, que vão reforçar a saúde pública da região.

“Esse hospital é o resgate de um sonho da população do Tapajós para que as pessoas possam ter atendimento, descentralizando os serviços e garantido com que Itaituba, Aveiro, Rurópolis, Trairão, Novo Progresso e Jacareacanga possam ter uma referência em saúde. Neste primeiro momento, vamos fazer o atendimento para pacientes com a Covid-19. Depois que atravessarmos a pandemia, ele voltará a dar suporte em saúde em outras especialidades nesta região”, disse o governador, que visitou as dependências do hospital.

 

Na oportunidade, o chefe do executivo estadual adiantou que a entrega do Hospital de Campanha de Altamira, exclusivo para pacientes com sintomas do novo coronavírus, será no próximo dia 18. A ideia é desafogar a oferta de atendimento em saúde na região do Xingu.

 

Com a pandemia estabilizada, o Hospital Regional do Tapajós oferecerá serviços de urgência e emergência de natureza clínica e cirúrgica nas áreas de Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Clínica Pediátrica e Clínica Obstétrica. O HRT terá capacidade para atender cerca de 250 mil pessoas de Itaituba e outros cinco municípios da região de saúde do Tapajós, como Novo Progresso, Trairão, Jacareacanga, Aveiro e Rurópolis.

A nova instituição hospitalar também dispõe de um ambulatório com nove consultórios para atendimento em Clínica Geral, Traumatologia, Ortopedia, Cardiologia, Infectologia e Urologia. A seção ambulatorial terá, ainda, serviços de enfermagem, coleta de exames, farmácia, eletrocardiograma, psicologia, terapia ocupacional e serviço social. Também terá um centro cirúrgico com oito salas, sendo duas para Obstetrícia.

 

Um dos procedimentos mais importantes que será oferecido em nível ambulatorial é o de Terapia Renal Substitutiva, com 22 máquinas de hemodiálise – o que evitará o deslocamento de pacientes para atendimento em outras regiões do Estado.

 

Exames

Como suporte ao atendimento médico, o HRT contará com um centro de diagnóstico com serviços de laboratório de análises clínicas, raios-X, raios-X telecomandado, mamografia, ultrassonografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética, ecocardiograma, eletrocardiograma, eletroencefalograma, Holter, Mapa, teste ergométrico, endoscopia e colonoscopia.

 

Para o enfermeiro Alexandre Guimarães, de 35 anos, o novo hospital trouxe esperança para os moradores de Itaituba e região. “Chega na hora exata para valorizar a nossa região, trazendo emprego, e fazendo com que as pessoas que precisem de internação possam ser atendidas aqui mesmo no município. Não só Itaituba, mas outros cidades também vão dispor deste hospital grandioso”, disse.

 

Segundo o prefeito de Itaituba, Valmir Climaco de Aguiar, a nova unidade vai ajudar na melhoria da saúde pública municipal. “Importante ressaltar que o hospital não vai atender somente aos pacientes com novo coronavírus, mas também a pacientes com outras enfermidades. O interesse tanto do governador quanto da prefeitura é que possam atender a todas as outras especialidades em breve”, disse.

 

Convênios

Na oportunidade, o governador Helder Barbalho assinou convênio para criação da Maternidade Municipal da Itaituba, em parceria com a prefeitura da cidade, além de outro convênio para readequação da BR-230, a Transamazônica, no trecho urbano que corta Itaituba.

 

Participaram da cerimônia de entrega do HRT o secretário de Estado de Saúde Pública, Romulo Rodovalho Gomes; o prefeito de Itaituba, Valmir Climaco de Aguiar; o secretário de Integração Regional do Oeste do Pará, Henderson Pinto; os deputados federais José Priante e Júnior Ferrari, e dom Vilmar Santos, bispo de Itaituba, além de demais autoridades locais.

Tags: