menu

Em parceria, Prefeitura de Santarém e Capitania dos Portos levam projetos a escolas municipais

Para a retomada do projeto sobre Segurança na Navegação foi escolhida a região do rio Arapiuns para receber as ações

Em parceria, Prefeitura de Santarém e Capitania dos Portos levam projetos a escolas municipais Projeto Segurança da Navegação nas Escolas será retomado Notícia do dia 20/02/2020

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), fechou parceria com a Capitania dos Portos de Santarém para beneficiar, com três projetos, escolas da rede municipal, em 2020. A secretária municipal de Educação de Santarém, Mara Belo, reuniu nesta quarta-feira, (19), com o Capitão de Fragata Fábio Luiz Benincasa, da Marinha do Brasil, que é comandante da Capitania dos Portos de Santarém. Ela estava acompanhada do coordenador de Transportes da Semed, Adson Lira.

 

Segundo Mara Belo, o primeiro projeto é a retomada da Segurança da Navegação nas Escolas e foi escolhida a região do rio Arapiuns para receber as ações. Os estudantes atendidos serão das escolas municipais São Miguel Arcanjo, na Ilha de São Miguel e a Escola Santa Maria Gorete, no Povoado de Vila Gorete, com alcance a 400 crianças. De acordo com a secretária, é um trabalho considerado importante por se tratar de salvaguardar as crianças em regiões onde a ruas são os rios. "Com medidas como estas, a Semed garante o deslocamento dos estudantes sempre de maneira segura", concluiu Mara Belo.

 

O comandante Benincasa confirmou que o projeto de Segurança de Navegação nas Escolas trata da conscientização do uso dos coletes Salva vidas. Segundo ele, durante os encontros com os estudantes os militares vão levar informações sobre a segurança, uso de coletes, prevenção ao escalpelamento e a preservação do meio ambiente.

 

Além desse assunto, o comandante também discutiu com a Semed a vinda a Santarém do Navio-Auxiliar "Pará", do 4ª Distrito Naval da Marinha do Brasil, sediado em Belém. Essa ação consiste na oferta do serviço de saúde as comunidades ribeirinhas do município de Santarém, assim como ações na área da educação, com palestras nas escolas das comunidades rurais.

Ações de saúde do Navio Auxiliar Pará para estudantes ribeirinhos (Divulgação)

 

Segundo ele, na segunda quinzena de março estará chegando em Santarém a embarcação para o efetivo início das atividades, a começar pelas escolas da periferia de Santarém e depois vai atender comunidades que ficam próximas a Alter do Chão.

 

O terceiro projeto, que já iniciou em Belém, que a Capitania dos Portos está disposta a ampliar para Santarém, é o "Maré do Saber". De acordo com Benincasa, o objetivo deste projeto é estimular a leitura e contribuir com o desenvolvimento de estudantes das comunidades ribeirinhas de difícil acesso no interior do município. Estimulando a empatia, concentração, memória, imaginação e outras habilidades promovidas pela leitura nas crianças beneficiadas.

 

O comandante explicou ainda que na prática a ideia é mobilizar a sociedade para doar livros infantis novos e/ou usados, em bom estado de conservação para que os meios operativos da Marinha do Brasil embarquem nesta "Maré do Saber", levando para estas localidades carentes as doações.

 

Benincasa disse ainda que já está pré-agendando o dia 10 de março a elaboração de um cronograma de atividades, assim como as localidades que serão atendidas pelos projetos.