menu

Após assumir morte de criança, homem é esquartejado e queimado por população de Fonte Boa

Ronald Gomes confessou que estuprou e matou asfixiada menina de 10 anos; população invadiu delegacia

Após assumir morte de criança, homem é esquartejado e queimado por população de Fonte Boa Foto: Reprodução/Video Notícia do dia 18/01/2020

DEAMAZÔNIA FONTE BOA, AM - Ronald Gomes Borges, 28 anos, preso após confessar ter estuprado e matado Elcleciene Nascimento Duarte, conhecida como ‘Nega’, de 10 anos, foi morto, na noite desta sexta-feira (17/1) por moradores de Fonte Boa (a 680 quilômetros de Manaus/AM). Revoltados, os fonte-boenses invadiram a delegacia onde ele estava preso e esquartejaram e incendiaram o corpo.

 

O momento foi registrado por meio de vídeos que circularam nas redes sociais. A delegacia foi cercada e viaturas foram depredadas e incendiadas durante a captura de Ronald.

 

Diante do tumulto e da grande quantidade de pessoas, a Polícia não conseguiu controlar a invasão. Policiais chegaram a atirar, mas logo os moradores invadiram a delegacia. Após matarem o homem, as pessoas comemoraram com fogos de artifício e aplausos.  

 

Ronald foi preso, nesta quinta-feira (16), em Fonte Boa, acusado de estuprar e matar asfixiada a criança, que costumada visitar a casa do homem para ajudar a companheira dele a fazer bolos e biscoitos pra vender na cidade.

 

No dia do crime, a mulher de Ronald tinha saído da residência e ‘Nega’ ficou trabalhando. Neste momento, ele a levou para um quarto e ofereceu R$ 40 para que ela mantivesse relação sexual, a vítima não aceitou e tentou fugir. Então, ele pegou ‘Nega’ pelo braço e a estuprou.

 

Por volta das 19h, quando a esposa de Ronald retornou para a residência, ela encontrou o corpo de ‘Nega’ escondido embaixo da cama e denunciou o marido a Polícia.

VEJA OS VÍDEOS