menu

Para jogos do campeonato paraense, Mangueirão terá policiamento 24h

Batalhão de Policiamento de Eventos (BPE) vai instalar um pólo no Estádio Olímpico do Pará

Para jogos do campeonato paraense, Mangueirão terá policiamento 24h Helder Barbalho durante visita ao Mangueirão, após desabamento de parte da cobertura do estádio (Thiago Gomes, Agencia Pará) Notícia do dia 25/02/2019

DEAMAZÔNIA BELÉM, PA - Com o objetivo de proporcionar mais segurança aos frequentadores do Estádio Olímpico da Pará e às comunidades do entorno do Magueirão, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Seel) em parceria com a Polícia Militar, vai instalar um polo do Batalhão de Policiamento de Eventos (BPE) no local. A previsão é de que esteja em funcionamento em até 60 dias.

 

Para discutir o assunto, o secretário estadual de esporte e lazer, Arlindo Silva, e o secretário adjunto, Vítor Borges, receberam o comandante do BPE, o coronel Mário Antônio e sua equipe na Seel. Na ocasião, a planta baixa do projeto foi apresentada ao secretário e suas adequações devem ficar por conta da Secretaria. Além disso, ficou definido que um contingente de até 200 policiais militares deve fazer parte da segurança do local e de seu entorno.

 

O secretário Arlindo Silva, avaliou a instalação do polo como uma ação positiva e de grande importância. “Uma iniciativa louvável do nosso Governador e da Polícia Militar, que têm dado uma atenção muito especial à segurança da sociedade paraense. Recebi o projeto com bastante entusiasmo, na certeza de proporcionar mais segurança aos torcedores, frequentadores e servidores do nosso estádio. Com esta iniciativa, a comunidade do entorno também terá mais segurança para realizar suas atividades no bairro”, afirmou.

 

A necessidade de implantar um projeto de trabalho policial em tempo integral no Estádio Mangueirão, que contemple também as comunidades próximas, surgiu depois que os policiais, que atuam em eventos esportivos, observaram que o local também é muito utilizado pelos moradores da área para a prática de atividades físicas durante todo o dia, necessitando dessa segurança.

 

“Em 29 anos de Polícia Militar, nunca observei uma medida como essa. Vamos fazer esse trabalho de forma cada vez mais integrada, cada vez mais junto da população e sempre somando esforços com outros órgãos para que seja ainda mais efetivo. Tudo isso para que possamos trazer essa sensação de segurança efetiva tanto para a área do entorno do Mangueirão, como para as pessoas, além de cuidar mais de perto do patrimônio público”, enfatiza o coronel.

 

Depois de instalado o Batalhão de Policiamento de Eventos (BPE), serão realizadas rondas durante todo o dia, aliada ao funcionamento de um sistema de monitoramento de alta tecnologia que será espalhado por todo o Estádio.

 

No ínicio de janeiro parte da cobertura do Estádio desabou. 

Por Ângela Miranda - AGÊNCIA PARÁ